A ECONOMIA SOLIDÁRIA COMO INSTRUMENTO EM PROL DA REPRESENTAÇÃO SOCIAL NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

Jefferson Costa de Souza, Alexsandra Pereira Silva de Souza

Resumo


Este estudo busca compreender a Economia Solidária como instrumento aplicável na consecução da representação social na Educação de Jovens e Adultos. Para tanto, procurou-se abordar aspectos históricos e conceituais da construção dessa educação, tencionando apontar um método capaz de mitigar os efeitos nocivos de uma economia desigual, imposta ao longo dos tempos, e apresentar práticas educativas e socioeconômicas aplicáveis na formação cognoscente de jovens e adultos. Por meio da Economia Solidária, a pesquisa identificou práticas de construção do saber que ampliam os horizontes para um pensar construtivo. Como resultado, observou-se a necessidade de uma efetiva compreensão acerca de Economia Solidária, pelos agentes envolvidos no processo, a fim de que tal método de externalização de saberes, na forma de representações sociais solidárias, venha a permitir a produção efetiva de saberes, por meio da diversidade de representações, de forma consciente, em um ato de verdadeira cidadania.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN: 2238-8524

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.