A NEUROSE NOSSA DE CADA DIA

Alessandra Vieira do Carmo Rosa, Cristiane Fernandes Ramos, Karla Elizandra Corrêa da Costa, Regiane Picão Moura, Epaminondas de Matos Magalhaes

Resumo


A Neurose é uma doença que vem afetando diversas pessoas na sociedade e muitos desses sujeitos preferem viver com a doença a admitir que elas possuam um diagnóstico de neurótico. O presente trabalho pretende discutir os problemas da neurose que, sem se perceber, ocorrem, no dia a dia. Lembra que, se o indivíduo vai ao médico e faz exames, toma os medicamentos e o sintoma ainda continua, pode-se considerar que ele tem uma destas neuroses: angústia, fobia, pânico, pavor, paranoia e medo; todos esses sintomas podem ser considerados neurose de defesa que é dividida em histeria de angústia e neurose obsessiva. Também serão abordadas as diferenças entre as estruturas da neurose, a neurose histérica e a neurose obsessiva, bem como suas etiologias e características clínicas. Neste estudo segue-se a linha dos textos freudianos para expor as semelhanças e diferenças das estruturas da neurose e a contribuição de Lacan.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN: 2238-8524

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.